Meta Internship : 4 dicas para uma entrevista bem-sucedida no metaverso

3 Curtidas Comentar
Meta Internship : 4 dicas para uma entrevista bem-sucedida no metaverso

Meta Internship : 4 dicas para uma entrevista bem-sucedida no metaverso. Os lucros da criptomoeda podem ser obtidos de várias maneiras, não apenas por meio de transações financeiras. O tema é relativamente novo e está chamando a atenção de grandes participantes do mercado, resultando em vagas de emprego e estágios na área.

Essa nova tecnologia também está sendo utilizada no processo de seleção. Participante dominante no mercado de recrutamento e seleção, a Companhia de Estágios, foi precursora na realização de entrevistas para processos seletivos no metaverso.

 

Thiago Mavichian, CEO e fundador do Crypto Times, conversou conosco sobre como se destacar em uma entrevista nesse ambiente.

A tendência, segundo Mavichian, é que esse processo seletivo aumente à medida que cresce o número de vagas no home office.

 

 

“Você usa o metaverso para encurtar distâncias, para dar a sensação de proximidade, de estar junto”, continua.

 

 

 

Em termos de tecnologia, ele acredita que haverá muito mais evolução.

 

“Isto é apenas o começo.” Eu vejo isso como uma ferramenta útil nessa situação epidêmica. As empresas, sem dúvida, continuarão a usá-lo para as aplicações mais importantes em que é necessário mais engajamento”, acrescenta o CEO.

4 dicas para decolar um palco no metaverso. Meta Internship

  • pesquisa no metaverso

Pode parecer auto-evidente, mas não é. É um mercado nascente que está sempre mudando. Em uma entrevista de emprego, estar por dentro das novidades pode colocá-lo à frente da concorrência.

Ficar atento às fontes de notícias, acompanhar os principais desenvolvedores de projetos de blockchain nas redes sociais, entender o impacto do cenário macroeconômico nas novas tendências e ler artigos sobre como essa tecnologia funciona são essenciais.

Os principais “jogadores” no negócio de bitcoin comunicam e divulgam notícias no site do Medium. O uso profissional de sites de mídia social como Twitter e Discord também é comum.

 

Recomenda-se examinar os conceitos que compõem a ideia de metaverso, como escassez digital, interação social em plataformas virtuais e outras leituras sobre o assunto, no caso do metaverso em particular.

“Você tem que experimentar o tema”, explica Mavichian. Ele admite que quando a Companhia de Estágios revelou o potencial das entrevistas do metaverso no segundo semestre do ano passado, muita gente não conhecia a tecnologia.

 

“Percebemos muitos indivíduos discutindo sobre o assunto e muito conhecimento superficial.” Foi quando reconhecemos que precisávamos realmente nos aplicar ao assunto, pesquisá-lo e montar uma equipe para investigá-lo.”

O fundador da Companhia de Estágios fala sobre a importância de os candidatos se adaptarem à tecnologia que lhes permite vivenciar a imersão que o metaverso tem a oferecer.

 

Ele é baseado em um processo interno que foi usado para realizar as primeiras entrevistas do gênero.

Ele conta: “Dissemos [ao candidato] que era um procedimento piloto, um processo metaverso, e o convidamos a vir pessoalmente à Companhia de Internés para experimentar os óculos virtuais”.

 

Ele destaca a importância de entender que todos podem se engajar no processo do metaverso entrando no link disponibilizado pela empresa. Você não precisa usar óculos.

“No entanto, o candidato terá uma experiência muito mais abrangente de imersão e fluidez com os óculos”, explica.

 

Segundo Mavichian, depois que o candidato passa pelo processo de adaptação, a empresa fornece um PDF que explica como se preparar para o processo seletivo.

Quando o candidato chega pela primeira vez na empresa, ele passa por um “laboratório”, que é uma demonstração prática de como usar os óculos.

 

“Assim, é feito o cenário para que [o candidato] entenda como personalizar seu avatar, como realizar os movimentos e quais são as funções básicas, e então o convidamos para o processo”, conclui o CEO.

  • Trabalhe na apresentação do seu avatar.

Um dos objetivos do metaverso é refletir e otimizar as dificuldades do mundo físico. É por isso que o avatar que representa sua imagem dentro daquele ambiente deve ser apresentado de forma adequada.

O fundador da empresa fez uma observação importante quando disse que o avatar permite uma escolha mais democrática. A “marionete” é apenas uma representação em um quadro; o que mais importa é a sua capacidade de fazer o trabalho.

 

“É uma piada para que você possa refletir seu verdadeiro eu.” É possível que você seja uma pessoa com características ‘físicas’ que não são suas. “O candidato pode ser um negro que é descrito como japonês no metaverso”, explica Mavichian.

De qualquer forma, o candidato deve escolher as características para criar um avatar e participar da entrevista de emprego. Também é possível ter outras cores de cabelo e pele, como verde, azul ou amarelo.

 

“Piercings, bandanas, tatuagens, um vestido mais casual ou mais formal são opções. Ou seja, você pode expressar um pouco de si.”

O conselho do especialista é tentar projetar quem você é, ou quem você quer ser, em seu avatar. Permite que o candidato demonstre sua personalidade.

 

“O que acontece no mundo real é extremamente essencial.” Se o candidato estiver indo a um banco ou escritório de advocacia para uma entrevista, o avatar será mais formal.

  • Reconhecer a dinâmica da entrevista.

Finalmente, é vital compreender como uma entrevista de gênero é conduzida e quais opções estão disponíveis.

“É intrigante porque, como toda entrevista presencial, temos um processo seletivo. Conseguimos apresentar um vídeo da empresa e descrever o cargo. “Conseguimos construir o currículo dele, compartilhá-lo com o candidato , e faça com que ele leia para fazer perguntas”, acrescenta Mavichian.

 

Enquanto o recrutador examina e observa, o CEO explica que a dinâmica de grupo visa saber se os candidatos podem gerar soluções juntos. Ele enfatiza: “Tudo isso com uma sensação de imersão”. Meta Internship

Ele afirma que você pode compartilhar a tela do seu computador, criar um rascunho e colaborar em um trabalho verdadeiramente único.

 

“O cenário é tão autêntico e envolvente. Inclui áudio 3D. Como resultado, você ouve pessoas que estão mais próximas de você e pessoas que estão mais distantes um pouco mais distantes”, conclui.

Meta Internship : 4 dicas para uma entrevista bem-sucedida no metaverso. Comente este artigo!

Confira outros artigos:

 

Você Pode Gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.