Como um influenciador pode gerar dinheiro? 7 tendências de marketing

7 Curtidas Comentar
Como um influenciador pode gerar dinheiro? 7 tendências de marketing

Como um influenciador pode gerar dinheiro? Vivemos em uma era digital em que os influenciadores conquistaram um lugar significativo nas mídias sociais para compartilhar suas experiências, opiniões sobre produtos, publicidade, suas vidas e interesses, entre outras coisas.

Este é um caminho no marketing que muitas pessoas desejam seguir, mas também é um foco para as marcas, que confiam cada vez mais em métodos de marketing que incluem colaborações de influenciadores e a aparência das pessoas por trás das marcas.

Todo esse cenário retrata um momento em que o B2C, ou business to consumer, é mais prevalente, necessitando de um melhor relacionamento com o público, que necessita de pessoas conversando com pessoas em contato direto, o que muitas vezes é realizado por influenciadores.

 

Assim, seja você um indivíduo que busca se estabelecer como influenciador na internet por meio da criação de conteúdo digital ou uma empresa que busca utilizar esse recurso para atingir seu público-alvo, é fundamental estar atento às tendências do marketing de influenciadores. para 2022.

 

1. Nas plataformas digitais, mais autonomia

O TikTok e o Instagram, por exemplo, têm promovido ferramentas voltadas à produção de conteúdo de influenciadores digitais, como o Creator MarketPlace do TikTok, que permite maior colaboração entre criadores de conteúdo em campanhas de marca.

Nos Estados Unidos, o Instagram seguiu o exemplo, disponibilizando ferramentas de teste por esse motivo.

Os influenciadores terão mais autonomia como resultado disso, incluindo a capacidade de encontrar marcas para colaborações e trabalhar diretamente em campanhas.

 

2. As nano e micro influências estão se tornando mais conhecidas. 

Para influenciadores, os números são fundamentais; afinal, quanto maior o alcance, mais atraente é para uma empresa formar parcerias.

No entanto, é fundamental observar que nem sempre os números implicam em engajamento e conexão com o público em geral, o que tem dado mais espaço e respeito aos nano e micro influenciadores.

 

Afinal, é viável atingir o público em geral e contar com influenciadores extremamente próximos de seus seguidores e que, ao trabalhar com empresas, expressam confiança, credibilidade e engajamento dessa forma.

De acordo com o Later x Fohr Influencer Marketing Report, a taxa média de interação de um influenciador no Instagram aumenta à medida que o número de seguidores diminui.

 

3. Vídeos de menor duração. Como um influenciador pode gerar dinheiro

Quem já viveu sabe como era quando os YouTubers estavam no auge, produzindo e consumindo vídeos de pelo menos 10 minutos.

Apesar do YouTube ser um meio popular e amplamente utilizado, vídeos curtos no TikTok e no Reels são a tendência para 2022.

Isso porque eles são rápidos e podem entreter e até mesmo anunciar um produto em um curto espaço de tempo.

 

Como resultado, eles constituem uma grande tendência nas técnicas de marketing como um todo.

 

4. Empreendedores e Influenciadores 

O número de influenciadores que também estão consolidados como empreendedores deverá aumentar em 2022, o que é crucial até por questões de formalização.

Isso porque, embora seja viável dedicar-se exclusivamente à criação de conteúdo digital, consolidando parcerias permanentes e trabalhando em uma grande quantidade de trabalho, há questões como CNPJ, emissão de nota fiscal e outras formalidades que afetam a regulamentação da atividade .

 

Como resultado, o crescimento da atividade dos influenciadores digitais fortalece a interseção com o empreendedorismo, com muitos aspirando a construir suas próprias marcas no futuro.

5. Autenticidade. Como um influenciador pode gerar dinheiro 

O que o público deseja online não é a perfeição, principalmente diante do que foi vivenciado durante o pico da pandemia, com rotinas interrompidas, preocupações sociais, perdas e tantos outros aspectos ruins.

Dito de outra forma, rotinas imaculadas, zero problemas na vida cotidiana e a vida perfeita não seduzem mais os indivíduos, e correm o risco de cair em uma positividade venenosa.

A autenticidade é uma tendência de 2022 que decorre do anseio do público por pessoas reais com quem eles possam simpatizar e que enfrentam problemas semelhantes.

 

Isso afeta os resultados das campanhas publicitárias, favorecendo influenciadores e empresas.

 

6. Inclusão e diversidade. Como um influenciador pode gerar dinheiro

Diversidade e inclusão são diretrizes cruciais que marcas, influenciadores, campanhas e outros esforços de marketing devem seguir.

Isso tem três grandes implicações: a primeira é o aumento da abertura para pessoas que não se enquadram nas normas, o que leva ao segundo ponto, que é a conexão com pessoas que se identificam como tal e, por fim, a cobrança das marcas por respeitarem cada vez mais a diversidade e inclusão.

 

7. Parcerias que ainda estão ativas

Por fim, a tendência deste ano são as parcerias contínuas e de longo prazo, que são vantajosas tanto para influenciadores quanto para marcas.

Dá aos influenciadores uma chance melhor de projetar lucros e organizar o trabalho, enquanto dá aos profissionais de marketing um meio para o público observar o produto com o mesmo influenciador por um período maior de tempo, resultando em melhores impressões e resultados.

Confira outros artigos:

 

Você Pode Gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.