Públicos personalizados do Facebook: Como usar para os seus negócios

9 Curtidas Comentar
Públicos personalizados do Facebook: Como usar para os seus negócios

Públicos personalizados do Facebook: Como usar para os seus negócios. A publicidade paga é difícil e perigosa, mas com uma preparação cuidadosa e o uso de uma ferramenta de monitoramento competente, o resultado pode ser incrivelmente benéfico.

Devido à acirrada concorrência nas vendas online, a importância e a força do Facebook como plataforma de publicidade não podem ser exageradas. Além de sua enorme popularidade (apenas 127 milhões de usuários mensais no Brasil), a plataforma oferece possibilidades de anúncios extremamente flexíveis e que quando feitos de forma correta, podem trazer a seus usuários benefícios incontáveis na divulgação de comércios.

O Público Personalizado é uma das soluções de anúncios mais poderosas disponíveis no Facebook. Você pode usá-los para segmentar pessoas que já interagiram com o negócio na plataforma, compraram um item da marca ou visitaram o site da loja, mas não fizeram nenhuma compra.

Esse tipo de segmentação é fundamental para que os anúncios de uma loja funcionem bem: afinal, quanto mais você souber sobre o público-alvo para o qual deseja vender, melhores promoções e campanhas publicitárias poderá oferecer.

Você sabe exatamente quem está vendo seus anúncios com o Facebook Custom Audiences e tem todas as ferramentas e recursos necessários para aumentar as taxas de conversão da sua loja sem gastar uma fortuna. Conseguindo clientes usando de tráfego orgânico e direcionado.

Públicos personalizados do Facebook: como aproveitá-los ao máximo

Quando você optar por trabalhar com Públicos Personalizados no Facebook, a plataforma fornecerá vários fatores para ajudá-lo a restringir o público-alvo de sua campanha.

Com os Públicos Personalizados, você pode seguir os seis passos práticos a seguir:

1. Lista de clientes

Em geral, a prática mais prevalente no comércio eletrônico de hoje é usar o e-mail como o principal método de comunicação com consumidores fiéis e novos. Em outras palavras, se você administra um site de comércio eletrônico, seu objetivo principal não deve ser obter 500 curtidas em um único artigo, mas sim criar compras ou coletar informações de contato para uso posterior.

Como resultado, exigir que os usuários do site curtam o perfil do Instagram da sua marca ou sigam sua página no Facebook não é uma ideia inteligente. Afinal, ter um grande número de seguidores que não estão dispostos a pagar é inútil.

Adotar anúncios de retargeting para consumidores comprometidos ou potenciais compradores que acabaram de visitar o site da sua loja é a melhor técnica para estabelecer um público responsivo no Facebook. Será mais fácil construir um novo contato porque você provavelmente já terá o endereço de e-mail deles – e como esses consumidores já estão familiarizados com a marca, é mais provável que respondam favoravelmente aos anúncios.

2. Upsell com clientes recorrentes. Públicos personalizados do Facebook

Você também pode utilizar Públicos Personalizados para construir uma lista composta apenas por clientes que já fizeram uma compra em sua loja. Esta é uma chance fantástica de maximizar o valor da vida útil do cliente – afinal, é sempre mais barato (e mais produtivo) investir em um cliente existente do que adquirir um novo.

Outra alternativa é usar um anúncio personalizado para promover itens e acessórios comparáveis ou complementares ao item que esse consumidor comprou recentemente.

3. Anuncie para os visitantes que deixaram seus carrinhos de compras

O abandono de carrinho é um problema grave e contínuo em negócios online e e-commerces em todo o mundo; no entanto, os Públicos Personalizados podem ajudar a aliviar o problema. Com essa ferramenta, você poderá alcançar clientes e visitantes que colocaram coisas em seus carrinhos, mas depois mudaram de ideia e não concluíram a transação.

Lembre-se: as pessoas abandonam seus carrinhos de compras por vários motivos, mas a explicação mais comum é que elas se distraem com outras atividades e fecham a janela de checkout. No entanto, se eles colocarem algo na cesta, isso sugere que eles provavelmente farão uma compra. Nessas circunstâncias, um anúncio do Facebook pode ser útil para garantir que esses clientes não se esqueçam de sua compra e vão para outra loja.

4. Usuários e Clientes Ativos são os melhores clientes para quem vender.

O consumidor que nunca ouviu falar da marca antes de efetuar uma compra é o mais difícil de lidar.

É compreensível: quem iria a um site desconhecido e compraria alguma coisa (principalmente se fosse algo caro)? Todos nós queremos saber sobre a marca e a empresa que levará uma pequena porcentagem do nosso dinheiro, e é por isso que vender qualquer coisa para estranhos no Facebook é tão difícil.

Como resultado, uma das estratégias mais eficazes para aumentar a taxa de conversão da sua loja é promover e vender para pessoas que já conhecem a marca, como aqueles que abrem e-mails promocionais e curtem a página da loja no Facebook. Use os recursos do seu provedor de e-mail para determinar quem são seus clientes ativos (ou seja, aqueles que realmente abrem e-mails) e coloque-os em um Público Personalizado do Facebook. Em seguida, basta criar anúncios personalizados para eles.

5. Solicite feedback dos clientes. Públicos personalizados do Facebook

Todos sabemos disso, mas vale a pena repetir: nada é mais útil para um negócio do que o feedback do cliente. As pessoas que já deixaram um pouco de dinheiro na loja – em outras palavras, clientes dedicados – fornecem as melhores avaliações.

Nunca esqueça que o feedback frequente ajudará na otimização das vendas e na manutenção de altos níveis de satisfação do cliente.

E como você entra em contato com os clientes depois que eles fazem uma compra e os incentiva a preencher uma breve pesquisa de feedback? Claro, através do Facebook!

6. Faça uma lista de e-mails

Independentemente da área ou setor da marca, uma lista de e-mail é um recurso valioso para empresas e comerciantes online. A lista de e-mail é extremamente significativa para campanhas publicitárias do Facebook, podendo ser gerada dentro da própria plataforma, além de servir como via de comunicação com consumidores atuais e potenciais.

A técnica ideal para fazer isso funcionar é concentrar-se nos clientes que já visitaram o site da loja, já que suas chances de entrar na lista de e-mail são imensamente maiores (principalmente quando comparadas a pessoas que nunca ouviram falar da marca).

Confira outros artigos:

 

 

Você Pode Gostar

Sobre o Autor: Avitrini