WhatsApp Pay é suspenso no Brasil, entenda:

14 Curtidas Comentar
whatsapp pay suspenso do brasil

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) barrou o uso do que seria a nova ferramenta do WhatsApp, o WhatsApp Pay.

O WhatsApp Pay nada mais é, do que um novo método de pagamento, destinado para pequenas e médias empresas, que utilizam o WhatsApp como uma ferramenta de comunicação, desta forma o pagamento seria diretamente realizado pelo app.

Conforme é informado pela Telesíntese, o motivo da ação tomada pelo Cade, é:

“mitigar riscos à concorrência pela parceria do dono do Facebook e WhatsApp com a [administradora de cartões de crédito] Cielo”.

Conforme mostra dados, a Cielo possui um grande nome no mercado e um volume bem alto de credenciamento de transação, assim como o WhatsApp e o Facebook possui inúmeros usuários.

Ao realizar tal ação, poderia causar desnível na participação igualitária relacionado a outras empresas do mesmo setor, de acordo com o entendimento da autarquia.

O Cade informa que a base de usuários do WhatsApp e Facebook seria de difícil criação para outros concorrentes, isso se, o acordo estiver apurado exclusivamente para a Cielo.

De certa forma, é nítido que a base de usuários do Facebook e WhatsApp necessitaria de um potencial enorme de transações, que da mesma forma a Cielo é capaz de explorar isoladamente, porém isto está a depender da forma em que a operação foi desenhada, diz a nota do Cade.

O Cade também argumenta que não existe nenhuma evidência de que a parceria entre os dois (Facebook e Cielo), tenha sido enviada ao órgão, que no caso supervisiona este tipo de movimentações.

O que motivou esta “barragem” foi a falta de autorização de atuação. Portanto, será necessário que a medida seja realizada, conforme mencionada.

O órgão informa, que ainda que não exista uma certeza sobre os efeitos, cabe adotar as ações para assim aguardar a coletividade de eventuais efeitos negativos.

 

Você Pode Gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *