Retargeting: Capture clientes no Facebook antes da primeira compra

8 Curtidas Comentar
Retargeting: Capture clientes no Facebook antes da primeira compra

Retargeting: Capture clientes no Facebook antes da primeira compra. A técnica de promover um produto para consumidores que já visitaram o site de uma loja é conhecida como retargeting. Embora essa definição seja válida, ela simplifica (muito) o que uma estratégia de retargeting eficaz pode fazer.

Uma empresa on-line pode usar o Meta Pixel para rastrear o comportamento do visitante e lançar publicidade de retargeting assim que se envolver com a marca pela primeira vez. Além disso, grupos de segmentação adicionais podem ser criados para diferentes campanhas de retargeting, como usuários que visualizaram uma determinada página, passavam X minutos na mesma página ou qualquer outro comportamento de marca relevante.

Tudo isso demonstra como os métodos de retargeting estão se tornando sofisticados e como eles podem ajudar empresas como a sua a alcançar resultados ainda maiores.

O que exatamente é o retargeting do Facebook e por que é tão crucial?

O retargeting do Facebook, também conhecido como retargeting, é uma tática de marketing que permite segmentar consumidores em potencial que manifestaram interesse em comprar algo de uma marca ou loja online. Essas publicidades podem ser qualquer coisa, desde uma simples curtida no Facebook até ações de compra de alta intenção.

Se o site da sua loja já recebe muito tráfego, mas nenhum método de retargeting foi implantado, você pode estar perdendo novas compras.

As campanhas de retargeting são um componente vital para o funcionamento de uma loja virtual, pois permitem que novos seguidores (e clientes existentes) conheçam novos produtos e serviços. 

1. É a tática de publicidade mais lucrativa.

A publicação de anúncios personalizados no Facebook é uma excelente maneira de aumentar o reconhecimento da marca e direcionar os visitantes para uma loja online; mas, se o objetivo principal é gerar novas vendas, essa técnica não é sugerida.

Incentivar novas vendas de um grupo-alvo que não tem intenção de comprar pode custar caro, principalmente porque você deve primeiro estabelecer uma conexão de confiança com esses consumidores.

É aí que entra o retargeting: além de ser uma técnica de publicidade econômica, também pode gerar um forte retorno do investimento, pois esses anúncios serão exibidos apenas para quem já manifestou interesse na marca e, portanto, tem mais chances de fazer novas compras.

2. Ele permite que você segmente com base em determinadas ações.

Se você tem vários produtos em seu negócio, pode ser difícil prever qual deles será o mais popular em um anúncio de retargeting – especialmente porque o objetivo desse tipo de anúncio é apresentar apenas produtos relevantes para o cliente.

Para descobrir quais produtos são os mais populares entre os visitantes da loja, você deve primeiro descobrir as páginas e os itens que eles visitaram no site. É mais fácil criar publicidade de redirecionamento do Facebook quando você tem essas informações.

 

3. É uma ferramenta fantástica para aumentar as taxas de conversão 

De acordo com pesquisa realizada pela Experian Hitwise e divulgada pelo SEBRAE, a taxa média de conversão no e-commerce brasileiro é de 1,65%.

Como o número de visitantes que fazem uma compra em sua visita inicial é muito baixo, vale a pena investir em um plano de retargeting para atrair mais consumidores e incentivá-los a fazer novas compras.

Anúncios de redirecionamento que aparecem apenas para visitantes que abandonaram o carrinho de compras ou não concluíram o processo de checkout são estratégias eficazes para restabelecer compras que não teriam ocorrido de outra forma. Além disso, todo o procedimento pode ajudar a melhorar a taxa de conversão do site. 

Existem duas maneiras de lançar uma campanha de retargeting do Facebook

1. Utilize um serviço automatizado.

Trabalhar com um aplicativo responsável por criar e administrar campanhas é a alternativa mais sugerida para pequenos varejistas e empresas que estão começando a adotar uma estratégia de retargeting, como joalherias.

Para criar e implementar campanhas de retargeting do Facebook, aplicativos como Shoelace, Socioh e AdRoll são escolhas fantásticas.

Você pode gerenciar seus anúncios de redirecionamento em seu admin da Shopify usando o Shopify Marketing se não quiser instalar um aplicativo adicional.

O Shopify Marketing reúne fotos, nomes, descrições e preços de produtos da loja para criar publicidade de redirecionamento automaticamente. Esses anúncios são compartilhados no Facebook e no Instagram depois de concluídos.

Vantagens

Se você é novo no gerenciamento de campanhas do Facebook, aplicativos e serviços automatizados podem facilitar muito as coisas.

O Shoelace, por exemplo, tem um processo de configuração simples e ainda vem com estratégias de vendas pré-fabricadas.

Desvantagens

Um dos recursos mais atraentes dos aplicativos é que eles vêm com um layout de anúncio pré-projetado. No entanto, isso pode ser um problema, porque você perderá a capacidade de se aprofundar nos resultados dos anúncios de redirecionamento (e, portanto, não poderá dimensionar um anúncio bem-sucedido).

Trabalhar diretamente com o Gerenciador de Anúncios do Facebook é definitivamente a melhor opção se você deseja um plano que permita crescer e redimensionar seus esforços de remarketing.

 

2. Se responsabilize por suas próprias campanhas de retargeting do Facebook

Sem dúvida, a maior solução para comerciantes e empreendedores que desejam gerenciar anúncios e campanhas de retargeting sem usar programas de terceiros é o Facebook Ads Manager.

Você só precisa ativar o Meta Pixel e criar uma página no Business Manager para usar o Manager.

Vantagens

Você pode utilizar todas as opções de redirecionamento do Facebook Ads Manager, o que significa que você pode testar vários públicos e tipos de anúncio até descobrir o ajuste ideal.

Também vale a pena notar que você não terá que pagar nenhum custo adicional para executar sua publicidade de retargeting no Facebook; você só terá que pagar o mesmo valor que paga para publicar anúncios no site diariamente ou mensalmente.

Aplicativos de terceiros, por outro lado, podem cobrar taxas mensais de associação e outras despesas externas. 

Desvantagens 

Para os comerciantes que ainda não estão familiarizados com o planejamento e gerenciamento de campanhas de retargeting, o Facebook Ads Manager pode ser um ambiente muito assustador.

Embora o Ads Manager seja mais sofisticado do que os programas que destacamos acima, há uma infinidade de manuais exclusivos e cursos online sobre o assunto, então vale a pena explorar o campo das campanhas de remarketing do Facebook.

Confira outros artigos:

 

Você Pode Gostar

Sobre o Autor: Avitrini