O que pensar ao investir em uma startup

4 Curtidas Comentar
O que pensar ao investir em uma startup

Investir em uma startup. Os investidores devem estar cientes dos riscos envolvidos em investir em uma startup. Como investidor, você precisa considerar os seguintes fatores antes de investir em um novo negócio:

 

A fundação de tudo

 

O objetivo principal do investidor é obter lucro. Para ganhar dinheiro, os investidores investem em empresas em ascensão. 90% da escolha é feita se a empresa puder provar que ganhará dinheiro.

 

Abrir uma empresa não é barato. Sem financiamento externo, poucas empresas podem começar. A propriedade de uma pequena empresa ou em crescimento representa o maior desafio.

 

Como alternativa, as pessoas podem pedir dinheiro emprestado a amigos e familiares ou a credores convencionais. Se isso não for viável, cabe a você (o investidor) decidir.

 

As habilidades da startup; como investir em uma startup: 

 

A capacidade de gerenciamento prático é necessária para um investidor inicial. Eles influenciarão a valorização e o retorno do seu investimento. A organização que faz a sugestão tem alguns argumentos interessantes.

 

  1. Execução do Fundador

 

Ideias inovadoras são atraentes, especialmente quando apresentadas por um criador fervoroso. No entanto, um investidor de risco deve priorizar a execução acima da equipe.

 

Muitas empresas novas têm fundadores de primeira viagem. O poder de converter um conceito em realidade pode ter sido demonstrado por outro experimento.

 

  1. Habilidades de trabalho em grupo

 

A gestão, básica e simples, move uma corporação. A competência da equipe de gestão para implementar a estratégia da empresa também é importante.

 

Invista em uma equipe de gestão com experiência, entusiasmo e dedicação.

 

  1. Perspectivas de mercado, investir em uma startup:

 

Investidores, o mercado potencial para uma empresa é a sua primeira preocupação ao investir. Faça perguntas específicas para confirmar o conhecimento da participação de mercado.

 

Então, quanto do mercado você espera abocanhar em um determinado período de tempo?

 

  1. Visão de dez anos

 

A mente do empresário é um mistério. Os fundadores têm vários propósitos e características. Alguns se destacam em pequenos grupos de 10 ou menos, mas falham em grandes grupos de 100 ou mais.

 

Além disso, alguns empreendedores ficam cansados ​​e desejam começar algo novo após dez anos de expansão.

 

Para uma partida favorável aos negócios, o investidor deve garantir que todos os acordos estejam em vigor.

 

  1. Recapitalização

 

Muitas ideias incríveis falham devido à falta de fundos. Compreender quanto dinheiro será necessário para manter a empresa funcionando quando surgirem problemas é fundamental para muitos empresários.

 

Pesquisa técnica de investidores. Porque investir em uma startup

 

  1. Nível de envolvimento. Investir em uma startup, entenda a importância:

 

É importante observar que a extensão do engajamento varia dependendo do tipo de investimento. Alguns investidores têm envolvimento mínimo com a equipe de inicialização, como aqueles que investem por meio de uma empresa de capital de risco.

 

Alcançar uma participação acionária em uma empresa permite que o investidor colabore com os fundadores nas decisões.

 

No entanto, um investidor em uma campanha de crowdfunding não teria o mesmo nível de supervisão que um investidor anjo.

 

Portanto, antes de dar dinheiro a uma empresa, é fundamental estabelecer quanto engajamento você deseja.

 

  1. Hora de retorno

 

Para cada empresa que se torna lucrativa da noite para o dia, existem centenas ou milhares de empresas falidas. O objetivo de investir é ganhar dinheiro ao longo do tempo.

 

Examine as expectativas da startup e seu progresso. Quanto maior for o tempo de retorno do investimento, maior será a taxa de queima.

 

Normalmente, um investidor anjo espera um retorno anual de 30-40%. Espera-se uma taxa de retorno estimada mais alta dos investidores de capital de risco. Um investimento em uma startup está intimamente ligado ao prazo.

 

  1. Acabamento

 

Qualquer pessoa que investe em startups deve ter uma estratégia de saída planejada. Eles devem saber quando e como retirar seu investimento original mais quaisquer ganhos.

 

Um investidor anjo, por exemplo, sabe quando vender suas ações. Por esse motivo, é fundamental compreender o intervalo de tempo do investimento e fazer um planejamento adequado.

 

  1. Leia o que está escrito

 

As expectativas de crescimento, o grau de engajamento e o tempo de retorno do investimento devem ser registrados durante o processo de due diligence.

 

Escrituras e papéis são os únicos meios de garantir os direitos de quem investe em startups. Em comparação com a complexidade da mente humana, analisar os papéis da alta administração pode ser simples.

 

Investir em startups é um negócio arriscado, então pense bem a respeito.

 

 

Visite nosso blog e acesse os links listados abaixo:

Você Pode Gostar

Sobre o Autor: Avitrini