Quem criou o Youtube, sua história, valor e total de usuários

2 Curtidas Comentar
Quem criou o Youtube, sua história, valor e total de usuários

Quem criou o Youtube, sua história, valor e total de usuários. É difícil pensar em vídeos online hoje em dia sem lembrar do YouTube. A cerca de 13 anos atrás, o YouTube não era sequer um pensamento. Desde seu lançamento e até hoje, o site revolucionou a forma como consumimos conteúdo da web.

Apenas o Google tem mais usuários ativos mensais do que o YouTube. Todos os dias seus usuários, assistem a vídeos na plataforma por uma média de 1 hora e 15 minutos cada.

 

Isso representa 400 horas de conteúdo novo. Cerca de 80% dos internautas brasileiros assistem ao YouTube diariamente. Muito vídeo!

 

No entanto, o YouTube é agora uma das melhores plataformas de marketing e publicidade. Milhares de empresas gastam muito dinheiro em vídeos do YouTube.

 

Apesar desses números, é difícil imaginar a história do YouTube de outra forma. Esta plataforma era desconhecida há uma década. Quer saber mais sobre o caminho do YouTube, quem criou o Youtube, sua história, valor e total de usuários? Então continue lendo!

 

As origens do YouTube – Quem criou o Youtube, sua história, valor e total de usuários:

 

Não havia Facebook e todos se comunicavam via MSN Messenger em 2004. Uma enxurrada de ideias de negócios estava surgindo no Vale do Silício, Califórnia. O YouTube foi um.

 

Boas ideias surgem inesperadamente. Diz o ex-funcionário do PayPal Chad Hurley. Ele teve problemas para compartilhar um vídeo que gravou em um jantar na casa de um amigo. Nesse momento ele teve uma ideia: por que não criar um serviço de compartilhamento de vídeo fácil de usar?

 

Hurley logo se juntou a Steve Chen e Jawed Karim, dois outros funcionários do PayPal. E o trio lançou o domínio youtube.com em 14 de fevereiro de 2005.

 

Primeiro vídeo do YouTube – Quem criou o Youtube, sua história, valor e total de usuários:

 

A postagem de vídeos na plataforma foi adicionada em 23 de abril. O primeiro conteúdo foi ao ar nesta data.

 

Um dos fundadores do YouTube, Chad Hurley, é visto visitando o zoológico de San Diego em seu primeiro vídeo.

 

Apesar de sua falta de relevância, este vídeo marcou um ponto de virada na forma como interagimos com a internet hoje. Não paramos desde então.

 

O primeiro viral

 

Os fundadores do YouTube não tinham ideia de que seu site se tornaria um dos mais populares do mundo. Lá, os usuários podiam postar vídeos e enviá-los apenas para amigos.

 

O site tinha apenas 19 vídeos hospedados e pouquíssimas visualizações em seus dois primeiros meses de operação.

 

Em 25 de junho de 2005, o YouTube recebeu seu 20º upload, trazendo-o para os holofotes. Apresentando dois meninos dublando Backstreet Boys, o vídeo se tornou o primeiro vídeo viral do YouTube.

 

Com mais de 6 milhões de visualizações, o vídeo foi um sucesso instantâneo. Se você comparar com os vídeos mais populares da atualidade, com bilhões de visualizações e comentários, pode parecer insignificante. É importante lembrar que muitas pessoas nunca tinham ouvido falar do YouTube e que a mídia social ainda era jovem.

 

A primeira grande marca no YouTube – Quem criou o Youtube, sua história, valor e total de usuários:

 

Foi também nesse período que a plataforma começou a atrair a atenção de marcas. A Nike foi a primeira empresa a usar o YouTube para fins promocionais antes que a monetização do vídeo fosse possível.

 

Você vai se lembrar de Ronaldinho Gaúcho com as chuteiras da Nike, agachando-se e acertando o travessão várias vezes. Muitos confundiram o vídeo com uma montagem devido ao truque.

 

Início do sucesso – Quem criou o Youtube, sua história, valor e total de usuários:

 

O YouTube já era um fenômeno global e um dos sites de crescimento mais rápido da Internet em 2006. Um aumento de quase 300% em apenas seis meses!

 

Isso representa um aumento de 75% em apenas um mês. Foi um mês de 65.000 vídeos e milhões de visualizações.

 

Os usuários do YouTube tendiam a ser adolescentes do sexo masculino de 13 a 17 anos. Apesar de ter uma audiência pequena, o site já era responsável por 65% do mercado de conteúdo audiovisual da internet e começava a mostrar todo o seu potencial comercial.

 

Era do Google

 

E, no entanto, apesar de sua popularidade, o YouTube tinha um problema sério: nenhuma receita. Pior, foi processado por violação de direitos autorais em várias ocasiões.

 

Parecia inevitável que a história do YouTube terminasse tragicamente, sem estrutura física ou financeira para lidar com desafios globais de grande escala.

 

Ao final, um de seus principais concorrentes, o Google, percebeu a rápida ascensão da marca e as dificuldades financeiras. Na época, a empresa se concentrava no Google Videos, que depois foi desativado.

 

O Google então comprou o YouTube por US$ 1,65 bilhão em outubro de 2006.

 

O negócio deu certo. O YouTube agora tem um valor de mercado de US $100 bilhões. O Google possui 20% da Alphabet, a maior empresa do mundo.

 

A compra milionária mudou o YouTube, o Google, o vídeo online e a internet para sempre.

 

Reformulação

 

O YouTube se tornou uma ferramenta obrigatória para quem assiste vídeos online desde que o Google o comprou em 2011. E os números são verdadeiros. De acordo com o Google, 99% dos usuários de internet que assistem a vídeos vão para o YouTube.

 

É quando a plataforma começa a pensar em maneiras de ganhar dinheiro e ganhar dinheiro com os criadores de conteúdo.

 

Um deles é o Content ID, que escaneia o conteúdo da plataforma em busca de trechos de obras audiovisuais protegidas por direitos autorais.

 

Os Youtubers podem agora rentabilizar o seu próprio conteúdo através do Programa de Parceiros do YouTube. Ganhar dinheiro com vídeos é assim possível.

 

O site se tornou uma das melhores ferramentas de marketing de vídeo. As empresas usam uma parte de seu orçamento para anunciar na plataforma.

 

Como os criadores de conteúdo de vídeo online podem ganhar dinheiro com seu trabalho, mais usuários estão interessados ​​em assistir a vídeos online. O YouTube cresceu exponencialmente!

 

Mudanças no comando e novos recursos

 

E para manter os usuários felizes, a plataforma adicionou novos recursos e melhorou os antigos.

 

Foi somente em 2009 que o conteúdo (vídeos) de alta definição (720p) ficou disponível, com vídeos em 480p aparecendo em 2008. Uma tecnologia de reconhecimento de fala foi usada para criar legendas automáticas em 2009.

 

Em 2013, o YouTube atingiu 1 bilhão de visualizações diárias de vídeos.

 

Na plataforma desde 2010, você pode assistir a vídeos e alugar filmes. A primeira mudança de comando ocorre então.

 

Após sua nomeação como chefe da divisão de aplicativos da web do Google, Salar Kamangar se torna CEO. Também em 2008, o YouTube ultrapassou Google e Facebook em tráfego global.

 

Mas 2011 foi um ano crucial na história do YouTube. O YouTube ao vivoficou disponível na plataforma. A Primavera Árabe estava apenas começando. Pessoas de todo o mundo começaram a usar esse recurso para mostrar seus protestos em seus países.

 

Mais informações

 

Os vídeos de 60fps foram lançados em 2014; Os vídeos 360° saíram em 2015. Uma versão paga do site, sem anúncios e com vídeos offline, chama-se YouTube RED (atualmente YouTube Premium).

 

Outra mudança de CEO ocorreu em 2014. Quem assumiu o cargo foi Susan Wojcicki, uma figura-chave na história do Google.

 

Sua garagem se tornou o primeiro escritório da nova empresa. Anteriormente, ela gerenciava os produtos de publicidade e comércio do Google, incluindo o AdSense, o principal gerador de receita da empresa.

 

Um sucesso duradouro

 

O YouTube como conhecemos hoje não é o mesmo de 2005. Com dezenas de novos recursos, como YouTube Ads, e dezenas de mudanças de interface, o site evoluiu junto com a própria internet.

 

O site de vídeos online foi transformado para aumentar seu alcance global à medida que a web se expandiu globalmente, alcançando todos os continentes. O YouTube agora tem 76 idiomas e 88 países.

 

Agora atingindo 96% de todos os usuários da Internet, tendo estimados 2,3 bilhões de usuários ativos, continua a crescer. YouTube já superou a televisão tradicional como o local preferido para assistir vídeos no Brasil

 

Tem uma longa e bem sucedida história em nosso país. Que tal a influência de canais como o Porta dos Fundos?

 

Uma nova geração de jovens que querem ter sucesso online e ganhar fama foi influenciada pelo YouTube. É semelhante ao antigo sonho de ser jogador de futebol.

 

Whindersson Nunes e Felipe Neto, por exemplo, viraram ídolos para muitos, induzindo milhões de brasileiros a criar seus próprios canais e enviar vídeos sobre diversos assuntos.

 

 

Confira os links abaixo e visite nosso blog:

Você Pode Gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *