Por que o investimento internacional é importante?

7 Curtidas comments off
Por que o investimento internacional é importante?

Por que o investimento internacional. Quando pensamos em investir, geralmente focamos nas empresas que compõem nosso portfólio, dando atenção especial ao mercado doméstico e ao preço das ações de suas empresas. Mas você sabia que existem formas de aumentar o valor do seu portfólio usando investimentos internacionais? Ao incluir ações estrangeiras em seu portfólio, você pode reduzir riscos e capturar oportunidades que não existem nos Estados Unidos. Confira esta postagem no blog para obter mais informações sobre por que o investimento internacional é importante para o seu portfólio!

 

Definição

 

Ao investir internacionalmente, você está comprando ativos — como ações, títulos e imóveis — fora de seu país de origem. Ao fazer isso, você pode adicionar diversidade ao seu portfólio, o que pode ajudar a reduzir o risco. Você pode estar se perguntando por que o investimento internacional é uma boa ideia quando a economia dos EUA tem sido tão forte nos últimos anos. A principal razão é que a economia dos EUA desacelerou em relação às taxas de crescimento históricas, e isso significa que é mais difícil obter retorno sobre investimentos domésticos, como ações e títulos. Isso não é bom, porque quando as pessoas não ganham dinheiro com seus investimentos, eles os vendem (e podem causar uma recessão econômica). Portanto, diversificando no exterior, você poderá continuar obtendo retornos sem sentir muita dor se as coisas acontecerem internamente.

 

3 dicas para investir internacionalmente

 

  1. Procure empresas com forte presença global. 
  2. Considere as condições econômicas dos países nos quais você está interessado. 
  3. Não se esqueça de pesquisar o risco político de quaisquer investimentos em potencial. Você também deve ficar de olho nos fatores geopolíticos que podem impactar a economia.

Quais são alguns erros comuns que os investidores cometem ao investir internacionalmente? 

-O primeiro erro é acreditar que todos os mercados internacionais se movem em conjunto e podem ser ignorados. 

-Um segundo erro é subestimar os riscos associados às flutuações cambiais, especificamente se seus investimentos não forem denominados na mesma moeda que a moeda do seu país de origem. 

 

Como mencionado anteriormente, é importante fazer uma extensa pesquisa sobre os possíveis problemas políticos e geopolíticos nessas diferentes regiões. 

Quais são algumas vantagens do investimento internacional? Existem várias vantagens: diversificação entre geografias e indústrias; retornos aprimorados ao se proteger contra flutuações cambiais; acesso a ativos subvalorizados em novas áreas do mundo; oportunidade de crescimento de longo prazo com menos volatilidade do que o mercado doméstico (embora também existam muitas desvantagens).

 

4 Razões para Considerar o Investimento Internacional

 

  1. Diversificação – Quando você adiciona ações internacionais ao seu portfólio, você pode distribuir seu risco de investimento em diferentes mercados globais. Isso pode ajudar a proteger seu portfólio dos altos e baixos de qualquer mercado específico. 
  2. Retornos potencialmente mais altos – Embora não haja garantia de que investir internacionalmente levará a retornos mais altos, muitos especialistas acreditam que as ações em mercados estrangeiros têm mais potencial de valorização do que as ações domésticas. 
  3. Crescimento Econômico – À medida que o mundo se torna cada vez mais interconectado, as economias de diferentes países também estão cada vez mais entrelaçadas. Ao investir em empresas internacionais, você pode aproveitar esse potencial de crescimento. 
  4. Hedge cambial – Quando você investe internacionalmente, também está investindo em diferentes moedas. Isso significa que se uma moeda cair (como aconteceu recentemente com a lira turca), você pode ser compensado por outra moeda subindo (como o dólar canadense). Você ainda experimentará algum nível de volatilidade, mas poderá limitar as perdas por meio de hedge cambial.

Os investimentos internacionais podem ser uma ótima maneira de diversificar seu portfólio e potencialmente aumentar seu retorno. No entanto, eles devem constituir apenas uma pequena parte do seu portfólio geral, pois seus retornos podem ser muito mais voláteis do que os investimentos baseados nos EUA. Investir globalmente é uma parte importante do planejamento financeiro, então fale com um profissional hoje sobre como isso pode funcionar para você!

 

Considerações antes de fazer investimento internacional

 

Ao decidir se deve ou não investir internacionalmente, há algumas coisas importantes que você deve ter em mente. Primeiro, qual é o seu objetivo de investimento? 

Você está procurando aumentar sua riqueza no longo prazo ou gerar renda no curto prazo? 

 

Em segundo lugar, qual é a sua tolerância ao risco? Você se sente confortável com investimentos mais voláteis ou prefere investimentos mais estáveis? 

 

Terceiro, qual é o seu horizonte de tempo? Você está investindo a longo prazo (mais de 10 anos) ou precisa de acesso ao seu dinheiro mais cedo? Por fim, qual é o seu nível de especialização? Você se sente à vontade para pesquisar e tomar decisões de investimento por conta própria ou prefere que outra pessoa gerencie seus investimentos para você? 

 

Existem vários tipos de investimentos internacionais, cada um oferecendo seus próprios benefícios e riscos. Diversificar seu portfólio pode ajudar a mitigar esses riscos, espalhando-os por diferentes regiões geográficas, classes de ativos e mercados. 

 

Um fundo de ações global oferece ampla exposição a ações internacionais; um fundo de mercado emergente oferece maior exposição a mercados emergentes como China ou Índia; um fundo de títulos internacionais investe em títulos do governo emitidos fora dos EUA; um fundo internacional de ações de pequena capitalização investe em empresas fora das 100 maiores empresas listadas nos EUA por capitalização de mercado; e um fundo internacional de REITs investe principalmente em propriedades imobiliárias fora dos Estados Unidos.

 

É hora de investir em ações internacionais?

 

A diversificação é fundamental quando se trata de investir, e uma das melhores maneiras de conseguir isso é investindo em ações internacionais. Ao alocar uma parte de seu portfólio para investimentos estrangeiros, você pode mitigar alguns dos riscos associados ao investimento em apenas um país. Mas antes de entrar em ações internacionais, há quatro considerações importantes a serem consideradas:

Que tipo de investidor você é? 

Onde você quer investir? 

Quanto você tem para investir? 

Que tipo de conta de investimento você tem?

 

Tome medidas práticas hoje

 

  1. Compreenda sua tolerância ao risco. Quanto você pode suportar em termos de altos e baixos? Isso ajudará você a saber onde traçar a linha quando se trata de investimento internacional. Por exemplo, se você for mais conservador, talvez queira investir menos de 10% de seu portfólio internacionalmente; enquanto que se você for mais agressivo, talvez até 50%. 2. Tenha um plano e cumpra-o! Você terá muitas perguntas com o passar do tempo: Que moeda devo usar? Devo investir neste país ou naquele? O que acontece se houver uma crise cambial como vimos recentemente com a Argentina? A resposta é: Mantenha-se fiel ao seu plano! 3. Diversifique entre as classes de ativos observando os diferentes tipos de investimentos dentro de cada classe de ativos.

 

Você Pode Gostar

Sobre o Autor: Avitrini