Monetização de conteúdo – Políticas exigidas pelo Facebook

25 Curtidas Comentar
Imagem representavida Políticas de monetização de conteúdos

Todo conteúdo monetizado no Facebook deve atender os padrões e políticas que a comunidade impõem, da mesma forma devem corresponder a um conjunto de regras adicionais, denominadas de Políticas de Monetização de conteúdo.

Abaixo listamos alguns formatos proibidos que podem interferir na sua qualificação:

  • Vídeos estáticos: São vídeos que não contém nenhum movimento, como por exemplo, uso de uma imagem.
  • Enquetes de imagem estática: Pedir para os seguidores reagirem a uma enquete, somente por engajamento do público.
  • Apresentação de imagens: Uso de imagens estáticas que já foram reproduzidas constantemente.
  • Vídeos em loop: Material que apresenta a mesma amostra várias vezes, incluindo GIFs.
  • Montagens de texto: Material que contém imagem estática, sobrepostas por algumas frases.

Abaixo listamos alguns comportamentos considerados proibidos:

  • Isca de cliques: Link ou qualquer conteúdo que estimula o usuário a clicar no link, ou responderem a uma publicação, seja com curtidas, comentários e até compartilhamentos.
  • Envolvimento de solicitação: Qualquer conteúdo que pede recompensa, normalmente, curtidas trocar por um tipo de comportamento extremo, como: Comportamento sexual, tabaco ou drogas, consumir bebidas alcoólicas e despir-se.

    Facebook, imagem representando monetização
    Imagem representativa – Reprodução google

Abaixo listamos categorias extremamente restritas que podem tirar sua monetização ou reduzir:

  • Temas sociais polêmicos: Assuntos como, nacionalidade, raça, etnia, Filiação política, religião, orientação sexual, idade, gênero, deficiência, imigração e classe socioeconômica.
  • Tragédia ou conflito: Apresentar conteúdos que polemizam, morte, doença, abuso físico, lesão física, abuso emocional, abuso sexual, deficienia mental e danos à propriedade.
  • Atividade censurável: Vandalismo, violação de direitos autorais, suborno, abuso de substancias, amaças, roubos, suborno, tráfico, corrupção, processos judiciais, fraude, negociação de informações privilegiadas e desvio.
  • Atividade sexual ou sugestiva: Conteúdo como, poses sexuais, itens de vestuários que mostram demais o corpo, simulação de atividades sexuais, atividade sexual, nudez, linguagem sugestiva e objetos sexuais.
  • Linguagem ofensiva: Representar, escrever ou falar qualquer expressão obscena como, palavreado de cunho sexual, linguagem chula, gestos obscenos, insinuações, palavras depreciativas insultos, movimentos vulgares.
  • Conteúdo explícito: Discutir ou apresentar condições de violência ou fisiologias como, funções corporais, infecções, feridas, processamento de alimentos, fluidos corporais, modificação corporal extrema, ingestão de substância que causam náuseas e destinadas ao não consumo, infestações e apodrecimento.
  • Desinformação: Conteúdo considerado fake (Falso).
  • Informação médica enganosa: Conter afirmações médicas constatando que foram ditas por um órgão especializado, também declarações contra vacinas.
  • Política e Governo: Representante públicos no geral não estão qualificados para recurso de monetização.

Você Pode Gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *